Páginas

Sustentabilidade

Querido(a) leitor(a), quando você ouvir falar em "sustentabilidade", saiba que não é apenas um novo modismo: é necessidade, é sobrevivência! O planeta é finito e assim suas reservas naturais. Se você quiser jogar algo fora, pense duas vezes antes de decidir: muito do que é lixo pode ser transformado ou ainda pode ser reaproveitado. Reflita, imagine possibilidades, crie! Tentaremos publicar ideias legais garimpadas na web, em passeios pelas cidades do mundo e projetos nossos, inspirados na sustentabilidade e na economia. Tudo para evitar o descarte de itens que ainda podem ser úteis e, de quebra, o consumo desnecessário. Se você tiver alguma ideia interessante, envie que publico e lhe dou os créditos!!

domingo, 23 de agosto de 2015

Customizando um caderno...


Oi pessoas! A filhota caçula, agora já universitária, precisava de um caderno de desenho - pra desenhar bichinhos ou plantinhas no curso de Ciências Biológicas. Daí que esqueci e tive de recorrer ao supermercado, que só tinha opção entre aquela boneca famosa americana ou robôs. Das alternativas, a carinha da boneca era a "menos pior". Mas levei pensando: vou customizar! E foi o que fiz. Do que precisei? Veja:


  • um caderno de desenho comum, tamanho universitário (este era capa dura);
  • tecidinhos;
  • fitinhas e acessórios para arremates fofos;
  • tesoura;
  • uma régua (preferencialmente aquelas metálicas, mas pode ser qualquer outra);
  • estilete;
  • pincel para artesanato;
  • cola branca e
  • tesoura.

A coisa toda é bem fácil. O que demora mais é a secagem da cola branca, ainda mais se o tempo estiver se preparando pra chuva, né? Neste caso, a umidade do ar retarda o secamento. Uma solução, se você tiver pressa, é usar o secador de cabelo para acelerar a secagem. Aqui não foi preciso. 

Como faz? Fácil! Você vai recortar o tecido ligeiramente maior que capa do caderno em três dos lados (a sobra será dobrada para dentro). Aplique cola branca na capa usando um pincel (destes de artesanato). Posicione o tecido sobre a capa (cuidado para não se aproximar muito do espiral). Estique o tecido evitando deixar bolhas. Aguarde um pouco até secar, vire a capa e dobre as sobras para o lado de dentro, passando cola no tecido e na parte da capa que este pedacinho irá cobrir. Aguarde secar novamente e faça um acabamento usando uma página em branco do próprio caderno. Corte os excessos do papel com estilete usando a régua (pra ficar bem retinho).


Volte para o lado externo e acrescente algum detalhe fofo para fazer o acabamento. Aqui usei uma renda de algodão. Colei com cola branca e dei mais uma demão de cola em toda a capa, por cima do tecido. Repita todo o processo na outra capa. Esta é a capa traseira do caderno, numa estampa mais graúda. 


E esta a frente, com a estampa mais miúda e dois detalhes com renda. Frente...


... e atrás!


Frente e verso! 


A customização foi simples e pequena. O caderno continua feminino, contudo sem parecer infantil. É único e não custou caro! Espero que ela faça muitos desenhos nele e conserve-o por toda a sua vida (é demais? ok, por toda vida estudantil é demais? hahahaha). Uma pequenina lembrancinha da mamãe para suas atividades acadêmicas!

Inspirou você? Dá pra fazer a mesma coisa usando uma roupa velha mas muito querida, aquele tecido lindo do vestidinho que manchou/rasgou/não tem conserto, sobras de alguma arte (esse tecido era sobra de outro caderno que encapei para fazer meu diário de viagens)... Um beijo e até o próximo!!

Ps.: este post não é patrocinado.


segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Um abajur...

"Um abajur cor de 'carne'... (quem nunca?) hahaha! Foi irresistível não lembrar da música do Ritchie - Menina Veneno - sucesso dos anos 80 e que eu sempre cantava errado (o certo é "abajur cor de carmim"). Certo, me denunciei... esqueçam este deslize e vamos ao que interessa? 
Marido e eu guardamos muitas garrafas de vidro - muitas meeeeesmo - e algumas delas, às vezes, tem destino certo. A garrafa que separamos para este projeto é uma garrafa de pinga (cachaça) com formato quadrado, transparente, incolor. Com um cordão de luz (aquelas luzinhas que decoram a árvore de natal) de led, a garrafa de pinga e uma cúpula para abajur fizemos nossa luminária. Já vi que muitas blogueiras fizeram também e é bem fácil. 



Você vai precisar de:

  • furadeira;
  • broca para vidro;
  • uma garrafa de vidro;
  • cúpula para abajur;
  • cordão de luz (as luzinhas decorativas para árvore de natal);
  • uma rolha (pode ser usada);
  • cola de silicone.
Primeiro limpe/lave bem a garrafa e aguarde secar. Você vai precisar fazer um furo na garrafa, próximo da base. Precisa ser grande o suficiente para passar todo cordão de luz por ele, deixando pra fora apenas o plug que irá para a tomada e o botão de liga/desliga. 




Depois disso, precisará fixar a cúpula na garrafa. Use a cola de silicone. Caso queira, algum dia, desfazer o projeto, a cola de silicone é fácil de remover. Para fechar o gargalo da garrafa - evitando que insetos entrem nela - use a rolha. 




Prontinho! Mais fácil, impossível.





Gostou? Inspire-se também e faça a sua! Beijos e até o próximo!

P.s.: este post não é patrocinado!


domingo, 19 de julho de 2015

Pequenos retalhos de madeira...


Oi pessoas! Vocês tem retalhos de madeira por aí? Então, aqui duas humildes dicas do que vocês podem fazer com eles.

A primeira dica é um cabide de parede. E uma ripa estreita e comprida pode ser excelente para este fim. A decoração é por sua conta. O meu, ficou assim:


(com flash)

(sem flash)

O material? Usei madeira, feltro, tesoura, tinta, pincel, lixa, ganchinhos (que comprei numa ferragem), cola de silicone para artesanato (o resultado é igual ao da cola quente, mas é fria - sem queimaduras e acidentes), canetinha, parafusos, preguinhos, chave de fenda e martelo.








A segunda dica: de um outro pequenino pedaço de madeira, fiz um quadrinho de corujinha. O que usei? O molde da coruja, comprei pronto, em feltro, em loja de artesanato - mas dá pra usar qualquer outro modelo que se tenha e fazer com outros tecidos, papel, adesivo, etc... Para colar, também usei a cola de silicone para artesanato. Na parte traseira, fixei um lacre de latinha de refrigerante/cerveja.



É um projetinho simples e fácil, mas pode decorar um cantinho com muita graça, você não acha? Claro que gosto é algo absolutamente pessoal. Então, use o seu e depois mostre pra gente lá na fanpage?


Um beijo e muita inspiração pra você!

Obs.: este post não é patrocinado.






quarta-feira, 24 de junho de 2015

Decorando com garrafas...

Oi pessoas! Uns dias antes de sairmos de férias (marido e eu) recebi um pedido de uma seguidora lá na fanpage. Ela queria sugestões de decoração para um almoço informal de comemoração da formatura do filhão usando garrafas. O moço formou-se em medicina e a cor predominante que a mamãe Ivonilde Queiroz pretendia usar era o verde.  Tentei reunir um monte de imagens e links para que ela encontrasse inspiração e mostrei a ela. O resultado da interpretação das ideias você vê nas fotos a seguir: uma coletânea de imagens cedidas por ela que mostram a sua decoração usando as garrafinhas! Com certeza um almoço inesquecível... parabéns Ivonilde!













A Ivonilde teve alguns probleminhas com o vento, que derrubava alguns arranjos. Minha sugestão (que já vi usarem por aí) é pendurar pesos nas pontas das toalhas de mesa (podem ser chumbinhos presos na barra da toalha para que fiquem invisíveis ou pedinhas amarradas) e usar arranjos mais baixos. A solução da Ivonilde foi colocar pedrinhas dentro das garrafas, deixando a base delas mais pesada e, portanto, mais difíceis de derrubar. Outra ideia é fazer arranjos mais volumosos, mas mais baixos. Nas mesas poderiam ser vidros de conserva: são mais baixos e tem a base maior, portanto mais estáveis do que garrafinhas. Em ambientes internos, as garrafas são puro sucesso por estarem protegidas de ventos. De qualquer forma, o próprio local já é maravilhoso, e as garrafinhas  - tanto penduradas como as sobre as mesas - ficaram perfeitamente incorporadas ao cenário natural. 





Que tal? O post inspirou vocês? Espero que sim... criem, imaginem possibilidades com objetos simples do cotidiano e façam bonito gastando pouco e reaproveitando! Beijos e até o próximo!


Obs.: este post não é patrocinado. As imagens foram gentilmente cedidas pela seguidora e foram marcadas com o nome dela. 

terça-feira, 2 de junho de 2015

Latinha decorada...

Olá pessoas! Dias atrás vi no facebook umas imagens com latinhas decoradas. Daí que o café solúvel acabou e a lata sobrou. Então, decorei a minha.


Usei...
  • cola branca;
  • tinta PVA para artesanato na cor branca;
  • retalho de tecido;
  • renda de algodão;
  • lata de café (pode ser qualquer latinha que você tiver);
  • lixa;
  • pincel e
  • tesoura.



Como fiz? Primeiro dei uma leve lixada para deixar a superfície da lata mais áspera e apagar um pouco da decoração original dela. Depois, dei uma demão de tinta PVA pra fazer fundo. Aguardei secar e dei uma demão de cola branca, pura, sem mistura. E com a cola ainda molhada, colei o tecido. Então, uma demão de cola branca sobre o tecido e aplicação da renda - na borda de cima e na borda de baixo. Pra finalizar, uma demão de cola branca sobre a renda. O acabamento, fiz com verniz fosco spray. Assim, o trabalho fica impermeabilizado, protegido de umidade e sujidades.





Gostou? Espero ter inspirado você! Até o próximo post!

Obs.: este post não é patrocinado.


quinta-feira, 21 de maio de 2015

Vidrinhos, o que fazer?

Oi pessoas! Estava juntando alguns vidrinhos (destes que vem com ervilha/milho) e resolvi pintá-los com verniz vitral. O chato é que este verniz pede solvente para limpar os pincéis. Mas resultam em lindos porta velas ou vasinhos.



É bem fácil de fazer. Basta pincelar o vidro (fiz pelo lado de fora porque este verniz não é resistente à água) e deixar secar - deixei de um dia para o outro.







Como foram pintados por fora, é possível usá-los para acomodar pequenos buquês e enfeitar a mesa de refeições. Ou fazer uma amarração com arames e pendurar na área externa, colocar velas dentro e decorar o jardim para um jantar/reunião de amigos... ou o que sua imaginação mandar! Inspire-se e crie você também! Até o próximo!

Obs.: este post não é patrocinado.